buraco

Elias MarosoElias MarosoElias Maroso



Buraco
Videoinstalação para lugar específico. 
Animação por computação gráfica (3min32s) 
Sala Cláudio Carriconde, Centro de Artes e Letras da UFSM. 
Ano de 2014.



Elias Maroso

Buraco mistura vídeo com computação gráfica. É circular e simula um corte elíptico na parede da sala de exposição para mostrar o que há trás da parede. Por essa elipse se inicia uma germinação de formas digitais que se enroscam umas sobre as outras. Tal efeito foi produzido com variações estruturais de um nó toral. Na teoria matemática, o nó toral é entendido como um laço que gira sobre si mesmo, variando em número de voltas internas e no eixo geral. Tenho nesse trabalho uma das imagens possíveis sobre a correlação entre circunstâncias internas e externas da condição criativa e expositiva. Tanto o que está aquém e  além da parede branca de exposição me é estímulo para pensar a prática de arte.






Elias Maroso
Elias MarosoElias Maroso




→ Esta obra faz parte da pesquisa de mestrado Contágios Poéticos no Espaço: por ações no contexto urbano pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM, ênfase em Poéticas Visuais, linha de pesquisa Arte e Tecnologia. O estudo consiste no desenvolvimento de uma prática artística e reflexão teórica relacionada à ideia do contágio entre obra artística e seu contexto de inserção, primando pela intervenção poética no meio urbano. Sob orientação da prof.ª dr.ª Reinilda Minuzzi, a investigação envolve o período de 2012 a 2014, com financiamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes / Governo Federal / Brasil).




Outros trabalhos: