Furo do Olho

 Furo do Olho 

Instalação composta por serigrafia sobre parede, serigrafia sobre papel, impressão jato de tinta com pigmento mineral sobre papel, impressão sobre acetato, corrosão química em chapa de cobre, cortes à laser de acrílico, lâmpadas led, adesivo vinil, fios de cobre e parafusos.

Dimensões da instalação completa: 276 cm (altura) x 285 cm (largura) x 16 cm (profundidade).

Ano de 2019


Elias Maroso
Animação feita com partes da serigrafia sobre parede que compõe a instalação Furo do Olho


Elias Maroso
Detalhe da parte superior da instalação Furo do Olho. Placa luminosa de acrílico com a inscrição "prazer de enigma" e lambe-lambe (impressão serigráfica) estendido sobre chapa de mdf. Dimensões da placa luminosa: 47 x 11 x 10 cm. Dimensões da serigrafia: 62 x 73 cm. Ano de 2019.


Detalhe de Luminária para a instalação Furo do Olho. Impressão sobre acetato, cortes de acrílico, cobre corroído quimicamente, lâmpada de LED, fiação elétrica. Dimensões de 25 x 16 x 8 cm.


Elias Maroso



Detalhe da instalação Furo do Olho. Duas luminárias projetam imagens sobre a parede por meio da luz, da sombra e de figuras em anamorfose cônica. Os cones de acetato transparente contêm em sua superfície figuras impressas e deformadas para causar a projeção da imagem sobre a parede pela luz e pela sombra. Como uma representação esquemática da projeção luminosa, que parte de um ponto para se propagar em um campo de abrangência, as pontas dos cones são alinhadas aos olhos das figuras projetadas. Parte do desenho em cobre que alimenta a energia das luminárias baseia-se no diagrama do olho de René Descartes, uma gravura em metal publicada no Tractatus de Homine, de 1664. Dimensões da luminária maior: 25 x 16 x 13 cm. Dimensões da luminária menor: 25 x 16 x 8 cm.



Elias Maroso Elias Maroso



Gravura em metal de René Descartes sobre a coordenação dos sentidos, do livro Opera Philosophica, do mesmo autor (Frankfurt, 1692). Originalmente publicado no Tractatus de Homine (Paris, 1664).



Elias Maroso
Impressão a jato de tinta com pigmento mineral sobre papel dos cones abertos que demonstram a deformação necessária para o acontecimento da imagem na luminária em "Furo do Olho". Dimensões da impressão: 42 x 89 cm.


Elias Maroso
Serigrafia para a instalação Furo do Olho. Dimensões da impressão: 90 x 90 cm.


Elias Maroso
Montagem apresentada na primeira exposição do IV Concurso de Arte Impressa do Goethe-Institut de Porto Alegre de 2019.





→ Esta obra faz parte da pesquisa de doutorado Arte de Pulsar Caminhos e de Atravessar o Espaço pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UFRGS, ênfase em Poéticas Visuais, linha de pesquisa Linguagens e Contextos de Criação. O estudo consiste no desenvolvimento de uma prática artística e reflexão teórica relacionada à ideia do atravessamento do espaço e dos trânsitos constitutivos entre o dentro e o fora tanto dos recintos expositivos como da própria ideia de disciplina artística. Sob orientação da artista e prof.ª dr.ª Maria Ivone dos Santos, essa investigação envolve o período de 2016 a 2020, com financiamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes / Governo Federal / Brasil).



Outros trabalhos: